A importância dos gestos no desenvolvimento da linguagem

A produção das primeiras palavras é uma aquisição de grande importância para as famílias. No entanto, durante o primeiro ano de vida e antes de falar, o bebé deve adquirir competências comunicativas essenciais ao seu desenvolvimento cognitivo e linguístico. Enquanto não consegue produzir palavras, a forma que o bebé tem de comunicar as suas intenções é através de gestos.


A produção das primeiras palavras é uma aquisição de grande importância para as famílias. No entanto, durante o primeiro ano de vida e antes de falar, o bebé deve adquirir competências comunicativas essenciais ao seu desenvolvimento cognitivo e linguístico. Enquanto não consegue produzir palavras, a forma que o bebé tem de comunicar as suas intenções é através de gestos. A criança começa a utilizar gestos por volta dos 8/9 meses de idade. Ao longo do tempo, e a partir das interações, brincadeiras e experiências, o bebé vai criando um reportório de gestos que lhe permite comunicar com o outro e agir no meio. A investigação sustenta a importância destes gestos, na medida em que o leque de gestos que o bebé detém entre os 9 e os 16 meses constitui um preditor das competências linguísticas da criança aos 2 anos de idade.


Apresentamos os principais gestos que surgem em cada mês, apenas como referência, podendo existir variações de criança para criança:



O adulto deve utilizar estes gestos de forma natural quando brinca e interage com o bebé. É fundamental valorizar os gestos do bebé no dia-a-dia no decorrer das interações e das brincadeiras, dando resposta com ações, palavras e frases. Esta resposta vai ajudar a criança a compreender o mundo, a desenvolver competências comunicativas e a aprender palavras novas que mais tarde irá ser capaz de produzir.


Lúcia Magalhães

Terapeuta da Fala

320 visualizações

Rua Instituto de Cegos de São Manuel 231, 4050-308 Porto

geral@saudeinfantilporto.com

227 666 508 | 967 384 469

  • Facebook
  • Instagram

©2018 by SIP - Saúde Infantil Porto.